marcas
  • Home
  • Notícias
  • Brasil
  • Deputado Otto Filho emite nota esclarecendo posicionamento sobre a Reforma da Previdência
Brasil Política

Deputado Otto Filho emite nota esclarecendo posicionamento sobre a Reforma da Previdência

Após a votação que aprovou a Reforma da Previdência com 379 votos a favor, no plenário da Câmara de Deputados na última quarta-feira (10/07) em Brasília,  o deputado federal Otto Alencar Filho emitiu uma nota com a gravação de um vídeo explicando o seu posicionamento.

No texto, bem como no vídeo, o deputado salienta que a votação em favor da reforma foi uma imposição do governo federal em função da liberação de investimentos para saúde, educação, segurança e infraestrutura na Bahia.

Contudo, de acordo com Otto Filho, o PSD, partido liderado pelo seu pai e senador baiano Otto Alencar, não cedeu e só aceitou depois de forte negociação votar a favor, assegurando itens inegociáveis como a manutenção dos direitos dos trabalhadores rurais e do benefício de prestação continuada, da previdência social na constituição, da retirada do sistema de capitalização, da redução da alíquota pra população mais carente (7,5% até 1 salário mínimo), fim das vantagens incoerentes do poder público, entre outros importantes itens.

Por fim, o deputado reafirma o compromisso com os baianos ressaltando que não vai se intimidar com hipócritas que querem o pior para Bahia, mas irá buscar com ética, humildade e resiliência leis e projetos que realmente beneficiem os Baianos.

Leia a nota na integra e assista ao vídeo no final da matéria:

O Governo da Bahia tem um déficit previdenciário anual de aproximadamente 4 bilhões de reais por ano. Com o acordo para pautar e aprovar os 7 itens do pacto federativo e das pautas dos estados e municípios, firmado pelo Senador Otto Alencar (PSD), o Presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM), o Presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM), o Líder do Governo Federal no Senado Fernando Bezerra Coelho (MDB), bem como comigo e meus colegas deputados federais do PSD, serão injetados aproximadamente 3 bilhões de reais por ano nas contas públicas do Estado da Bahia, além de recursos pra os municípios.
Esses recursos são imprescindíveis para o equilíbrio da máquina pública, pagamento da folha do funcionalismo público, custeio operacional e retomada robusta dos novos investimentos em saúde, educação, segurança, infraestrutura, entre outros setores. Caso se consiga também incluir a aprovação da PEC 51/2019, esses recursos extras podem duplicar e literalmente salvar economicamente a Bahia, os outros estados e municípios do Brasil.
Para isso, o Governo Federal exigiu votar a reforma da previdência, mas o PSD mesmo assim não cedeu e só aceitou depois de forte negociação votar a favor, assegurando itens inegociáveis como a manutenção dos direitos dos trabalhadores rurais e do benefício de prestação continuada, da previdência social na constituição, da retirada do sistema de capitalização, da redução da alíquota pra população mais carente (7,5% até 1 salário mínimo), fim das vantagens incoerentes do poder público, entre outros importantes itens. Destaco que ainda votei a favor dos professores e votarei a também a favor dos policiais e agentes de segurança

LEIA TAMBÉM

Madre de Deus sofre com Petrobras menor

Redação

Ministro da educação diz que professores coagem alunos para participarem das manifestações

foconanews

Rui Costa afirma que se não cortasse salários de professores, poderia parecer “férias”

foconanews

DEIXE UM COMENTÁRIO