marcas
  • Home
  • Uncategorized
  • Apartamentos do ‘Minha Casa Minha Vida’ aguardam entrega em Lauro de Freitas
Uncategorized

Apartamentos do ‘Minha Casa Minha Vida’ aguardam entrega em Lauro de Freitas

De acordo com a prefeitura de Lauro de Freitas, a não entrega do residencial, localizado no Capiarara, seria culpa do governo federal, que também estaria protelando a liberação da Praça dos Esportes e das Artes, em Itinga. Em maio deste ano, após as enchentes que atingiram a cidade, a prefeita Moema Gramacho se reuniu com moradores que tiveram suas casas desapropriadas para a intervenção no rio e outras que atualmente recebem bolsa aluguel no aguardo da liberação dos 890 apartamentos. Na oportunidade, a gestora cobrou, inclusive, celeridade ao ministério e disse que 500 famílias desalojadas por conta dos alagamentos poderiam ser incluídas na relação de favorecidos para receberem as unidades restantes.

Ao Bahia Notícias, a prefeitura de Lauro de Freitas alegou que um esforço tem sido feito, junto com o governo estadual, no sentido de possibilitar a entrega das residências o quanto antes. De acordo com a administração municipal, as famílias estão cadastradas e esperando apenas a liberação. A situação estaria prejudicando também o andamento da obra de macrodrenagem do Ipitanga.

No entanto, as justificativas dadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e pela Caixa – sendo o último o operador do programa – transferem a responsabilidade pelo atraso à própria gestão do município e ao governo estadual. Em nota, o banco reiterou que o residencial está pronto, mas que a pendência seria do governo do estado, que até o momento não teria entregado a lista dos contemplados. “Para entrega das chaves aos futuros moradores, a Caixa aguarda somente a finalização, por parte do governo do estado, da indicação das famílias a serem beneficiadas”, explicou a nota enviada pelo banco. Já o ministério optou por transferir a culpa para outro ente federativo. A pasta, por sua vez, confirmou a falta de informações sobre os beneficiários dos imóveis, alegando que não recebeu a indicação completa dos mutuários, mas pela prefeitura do município

LEIA TAMBÉM

Orçamento público de Lauro de Freitas previsto para 2020 cresce 15%

Redação

SAO FRANCISCO DO CONDE A BOLA VAI ROLAR EM CAMPINAS

Redação

Simões Filho: Conselho Tutelar divulga local de votação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO