marcas
  • Home
  • Destaque
  • Ministério da Saúde discute fortalecimento da atenção básica em Salvador
Destaque

Ministério da Saúde discute fortalecimento da atenção básica em Salvador

Gestores de saúde de vários municípios da Bahia participaram manhã desta quarta-feira (16), de uma reunião com o diretor de Saúde da Família do Ministério da Saúde (MS), Otávio D’Ávila, para apresentação do novo modelo de financiamento da atenção primária. O encontro foi promovido após articulação do secretário municipal da Saúde de Salvador, Leo Prates, na sede da pasta, no Comercio.

Após 21 anos, o Ministério da Saúde mudou a forma do financiamento da assistência prestada pelas equipes de saúde da família e unidades básicas de saúde. Nas últimas duas décadas, foi mantida a lógica de repasse de recursos per capita ou por incentivos. A proposta agora é que o custeio leve em conta, entre outros pontos, o número de pacientes cadastrados e o desempenho das equipes de saúde a partir de indicadores como qualidade do pré-natal e controle de diabetes, hipertensão, infecções sexualmente transmissíveis. Além disso, o novo projeto leva em conta iniciativas como a informatização das unidades e os horários de atendimento expandidos. “Estamos tendo a oportunidade de falar com gestores baianos para apresenta-los e discutirmos as novas políticas e as reformulações que o ministro Mandetta está propondo para o fortalecimento da atenção primária. Para dar certo será preciso um esforço conjunto dos profissionais de saúde, das gestões e população”, explicou Otávio.

Para Leo Prates, o momento foi oportuno para se desenhar e definir as ações e estratégias para os próximos anos. “Salvador tem feito um grande esforço para transformar sua atenção básica. Estamos qualificando toda rede, convocamos 285 profissionais – a grande maioria de médicos – para compor as equipes, lançamos o programa de residência médica e o mutirão de alvarás para garantir as melhores condições de trabalho e atendimento. E precisamos melhorar também nossos recursos e a forma como o aplicaremos, tendo prioridades”, afirmou Leo Prates.

Estiveram presentes gestores de Itapetinga, Riacho de Santana, Barreiras, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Iaçú, Simões Filho, Boa Vista do Tupim, além da capital baiana e representante do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Bahia.

LEIA TAMBÉM

CNI: faturamento da indústria cresce 1,3%

Redação

EXCLUSIVO! Moradores de Areia Branca farão manifestação amanhã as 06:00 da manhã na estação aeroporto. Os moradores reivindicam a volta da linha estação mussurunga x jambeiro da em presa CSN que foi retirada de circulação.

Redação

Apagão no Amapá: Relatórios da ONS entre abril e outubro indicavam falha em subestação

Raniel

DEIXE UM COMENTÁRIO