marcas
  • Home
  • Notícias
  • Brasil
  • Deputado Otto Filho emite nota esclarecendo posicionamento sobre a Reforma da Previdência
Brasil Destaque Política

Deputado Otto Filho emite nota esclarecendo posicionamento sobre a Reforma da Previdência

Após a votação que aprovou a Reforma da Previdência com 379 votos a favor, no plenário da Câmara de Deputados na última quarta-feira (10/07) em Brasília,  o deputado federal Otto Alencar Filho emitiu uma nota com a gravação de um vídeo explicando o seu posicionamento.

No texto, bem como no vídeo, o deputado salienta que a votação em favor da reforma foi uma imposição do governo federal em função da liberação de investimentos para saúde, educação, segurança e infraestrutura na Bahia.

Contudo, de acordo com Otto Filho, o PSD, partido liderado pelo seu pai e senador baiano Otto Alencar, não cedeu e só aceitou depois de forte negociação votar a favor, assegurando itens inegociáveis como a manutenção dos direitos dos trabalhadores rurais e do benefício de prestação continuada, da previdência social na constituição, da retirada do sistema de capitalização, da redução da alíquota pra população mais carente (7,5% até 1 salário mínimo), fim das vantagens incoerentes do poder público, entre outros importantes itens.

Por fim, o deputado reafirma o compromisso com os baianos ressaltando que não vai se intimidar com hipócritas que querem o pior para Bahia, mas irá buscar com ética, humildade e resiliência leis e projetos que realmente beneficiem os Baianos.

Leia a nota na integra e assista ao vídeo no final da matéria:

O Governo da Bahia tem um déficit previdenciário anual de aproximadamente 4 bilhões de reais por ano. Com o acordo para pautar e aprovar os 7 itens do pacto federativo e das pautas dos estados e municípios, firmado pelo Senador Otto Alencar (PSD), o Presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM), o Presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM), o Líder do Governo Federal no Senado Fernando Bezerra Coelho (MDB), bem como comigo e meus colegas deputados federais do PSD, serão injetados aproximadamente 3 bilhões de reais por ano nas contas públicas do Estado da Bahia, além de recursos pra os municípios.
Esses recursos são imprescindíveis para o equilíbrio da máquina pública, pagamento da folha do funcionalismo público, custeio operacional e retomada robusta dos novos investimentos em saúde, educação, segurança, infraestrutura, entre outros setores. Caso se consiga também incluir a aprovação da PEC 51/2019, esses recursos extras podem duplicar e literalmente salvar economicamente a Bahia, os outros estados e municípios do Brasil.
Para isso, o Governo Federal exigiu votar a reforma da previdência, mas o PSD mesmo assim não cedeu e só aceitou depois de forte negociação votar a favor, assegurando itens inegociáveis como a manutenção dos direitos dos trabalhadores rurais e do benefício de prestação continuada, da previdência social na constituição, da retirada do sistema de capitalização, da redução da alíquota pra população mais carente (7,5% até 1 salário mínimo), fim das vantagens incoerentes do poder público, entre outros importantes itens. Destaco que ainda votei a favor dos professores e votarei a também a favor dos policiais e agentes de segurança

LEIA TAMBÉM

Mesmo após críticas, Kannário mantém voto a favor da reforma da Previdência

Redação

Equador apresenta proposta de candidatura conjunta com Colômbia e Peru para a Copa de 2030

Redação

Bahia vacila no Serra Dourada e perde confronto direito para o Goiás

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO