marcas
  • Home
  • Notícias
  • Anitta fala sobre depressão, preconceito e bissexualidade
Notícias

Anitta fala sobre depressão, preconceito e bissexualidade

A cantora Anitta falou sobre depressão, preconceito e bissexualidade durante entrevista ao site italiano Feeda. A gata afirmou que a mãe já sabia de sua opção desde que ela tinha 13 anos.

“Só esperei pelo melhor momento para falar ao público para que não criassem notícias sensacionalistas e tratassem isso como uma grande coisa. Do tipo ‘essa é quem ela é’. Eu não quero isso para minha vida. Quero que minha bissexualidade seja natural e normal”, pontuou a artista, que precisou cancelar um episódio do programa “Anitta Entrou No Grupo” desta semana ao ser diagnosticada com estafa.

A condição é um cansaço extremo e falta de energia para realizar atividades corriqueiras do dia-a-dia. A gata disse que precisou lidar com a depressão quando deu atenção demais ao que diziam sobre sua vida.

“Acho que a depressão chegou para mim quando comecei a prestar atenção demais ao que as pessoas tinham a dizer sobre mim. Quando você entende que as pessoas não conhecem sua história, não sabem pelo que você passou, não sabem como é… Estão vendo de fora e não sabem o que você passou para chegar até aquele ponto. Quando entendi isso, comecei a ver os comentários, a pressão e as expectativas que têm de mim assim: ‘é, eles não sabem de nada’… Eles estão falando, mas não sabem a coisa real que se passa na minha vida. Não tem propriedade para falar. Minha mãe tem, meu irmão tem… Quando entendi isso, fiquei melhor na minha vida”.

Segundo ela, o preconceito com sua origem pobre e seu trabalho ser ligado à sensualidade sempre esteve presente: “Sempre sofri todo tipo de preconceito: Sou mulher, sou jovem e uso a sensualidade no meu trabalho. As pessoas quando veem você balançando a bunda acham que você não é inteligente o bastante”, disse Anitta

LEIA TAMBÉM

Mulher fica cinco horas com cabeça presa em portão após tentar espiar vizinha

foconanews

Motociclista morre em acidente na Avenida Paralela

foconanews

Confira os vereadores de Salvador que mais faltaram no primeiro semestre de 2020

Raniel

DEIXE UM COMENTÁRIO