marcas
  • Home
  • Destaque
  • “A Bahia é um lixo”, grita líder do PSL na Câmara dos Deputados; veja vídeo
Destaque Política

“A Bahia é um lixo”, grita líder do PSL na Câmara dos Deputados; veja vídeo

clima esquentou na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (22). O líder do PSL na Casa, Delegado Waldir, gritou para todos ouvirem que “a Bahia é um lixo”. O representante do presidente Jair Bolsonaro (PSL) completou dizendo que o lixo era governado pelo PT, em uma clara menção ao governador Rui Costa (PT).

O descontrole aconteceu durante uma sessão da Comissão de Educação da Câmara. Ele ainda chamou estudantes de instituições públicas de maconheiros. Assista:

LEIA TAMBÉM

CENTRAL DE DENÚNCIAS COVID-19 EM CATU

Raniel

Se ligue! As aulas do Curso de Máquinas Pesadas da Automaq cursos de máquinas pesadas com 80% do valor PAGO pela Prefeitura começam nesta quarta-feira (11),

Redação

Uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (7), revogou a prisão preventiva de Isadora Alkimin Vieira, filha mais nova do cantor Belo. Ela estava presa no Instituto Penal Santo Expedito, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, após denúncias de fraudes bancárias de uma quadrilha. Além de Isadora, seis mulheres tiveram a prisão preventiva revogada e devem cumprir medidas cautelares, como informarem as autoridades sobre suas atividades uma vez por mês, não entrarem em contato com as supostas vítimas dos golpes e não saírem de casa à noite ou nos dias de folga. A estudante de Odontologia, de 21 anos, é suspeita de integrar um grupo acusado que faz parte de uma organização criminosa que induzia vítimas a repassarem seus dados bancários e, posteriormente, entregarem seus cartões a motoboys para serem utilizados pela quadrilha. Matérias relacionadas “Estou surpreso e arrasado”, declara Belo após filha ser presa por suposta participação em golpes Presa, filha de Belo afirma que desconhecia trabalhar para golpistas Mulher integrante de suposta quadrilha afirma que filha de Belo e outras garotas eram prostitutas

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO