marcas
  • Home
  • Destaque
  • MDB e PSD devem travar “Duelo de Gigantes” pela Prefeitura de Simões Filho em 2020
Destaque Simões Filho

MDB e PSD devem travar “Duelo de Gigantes” pela Prefeitura de Simões Filho em 2020

Depois de passados quase 3 anos do período eleitoral, tudo indica que o atual prefeito de Simões Filho, Diógenes Tolentino (MDB), e o ex-prefeito e atualmente deputado estadual Eduardo Alencar (PSD) devem se enfrentar outra vez, dessa vez, de lados diferentes: Dinha candidato à reeleição e Alencar candidato a prefeito

A cidade de Simões Filho está alvoroçada em termos políticos de ambos os lados. MDB e PSD devem voltar ao confronto nas eleições municipais em 2020 com seus melhores e mais fortes quadros. Assediados insistentemente por aliados, Dinha e Alencar rejeitam de pronto virar candidatos a prefeito no próximo ano, mas não negariam o apelo de suas respectivas bases políticas.

Há quem avalie, especialmente, no núcleo de Dinha Tolentino (MDB), que o atual prefeito deve concorrer à reeleição em 2020 contra o ex-prefeito Eduardo Alencar (PSD), que ainda não se decidiu oficialmente, mas tudo indica que ele vai mesmo disputar a prefeitura de Simões Filho, o que não depende apenas de uma manifestação de sua vontade pessoal, mas tanto Dinha quanto Alencar estão empenhados em fortalecer os seus grupos para um possível duelo político-eleitoral

Como na maioria das cidades, os prefeitos que buscam a reeleição saem em vantagem, e em Simões Filho pode não ser diferente. Dinha tem a máquina nas mãos e pode vencer novamente.

Nas eleições de 2016, Dinha cravou uma esmagadora votação à frente do seu adversário político com mais de 35 mil votos, tendo mais que o dobro, em número de votos, em relação ao segundo colocado, o empresário e aspirante na política municipal, Jomar Paraki. No mesmo pleito, Paraki teve quase 17 mil votos herdados pelo então prefeito, à época, Eduardo Alencar.

Mesmo ainda sendo desconhecido na cidade, Jomar não deve ser o escolhido dos irmãos Alencar, ou seja, Otto e Eduardo para disputar o pleito de 2020. Segundo informações ainda não confirmadas, Paraki deve disputar como vice-prefeito na chapa do PSD.

A batalha não deve se repetir entre Dinha x Jomar, mas vale destacar que será uma verdadeira guerra política, já que o ex-prefeito Eduardo Alencar, mesmo perdendo forças e lideranças no município de Simões Filho, deve vim com todo gás querendo tomar o Poder Executivo das mãos do prefeito Dinha que, segundo informações nos bastidores da política, não vai entregar a prefeitura ao famoso “Progresso ou Regresso”.

 

Quando encerrou o seu quarto mandato ainda em 2016, o ex-prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar, em entrevista concedida ao site MAPELE NEWS, no dia 2 de janeiro de 2017, se despediu da gestão municipal e agradeceu a todo o seu eleitorado ao longo dessas quase duas décadas de liderança política no município.

Eduardo iniciou a entrevista dizendo que tinha a consciência do dever cumprido, que em 20 anos, lutou muito para que o município de Simões Filho prosperasse e pudesse ter melhores condições de vida para a população

A cidade de Simões Filho promete uma eleição dura, difícil e, ao mesmo tempo, polêmica, o que vai servir de termômetro político entre os candidatos. De um lado, o MDB, do atual prefeito Dinha Tolentino e, do outro, o PSD, do ex-prefeito Eduardo Alencar, dois fortes adversários políticos, devem entrar no páreo pelos votos do eleitorado que aposta em uma disputa democrática e que terá o poder nas mãos para decidir nas urnas quem leva a melhor em outubro de 2020.

O que chama atenção é que a disputa antecipada entre os pré-candidatos para o pleito que será realizado daqui a um ano e quatro meses já está sendo batizada nos bastidores da política municipal como “giants duel”, ou seja, um verdadeiro ‘Duelo de Gigantes’ ou ‘A eleição do Século’ que vai marcar a história da política simõesfilhense. Entre o novo e o velho, o sábio e o inteligente, a questão é quem é quem?

Quem vence a eleição de 2020 será “o Progresso ou o Regresso?

LEIA TAMBÉM

Hoje a igreja Assembleia de Deus em São Paulo com representantes de todo Brasil celebrou um culto de gratidão pela vida do pastor José Wellington Bezerra

Redação

CNJ pune juiz que acusou Gilmar Mendes de receber propina

Redação

Deputado Marcell Moraes denuncia Hiper Bompreço de Vitória da Conquista por maus tratos a animais

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO