marcas
  • Home
  • Destaque
  • O vídeo que circulou nas redes sociais mostra a repórter e o marido discutindo com o policial que no momento trabalhava como segurança para um supermercado. O casal questiona o excesso na abordagem do policial com um adolescente, que tinha furtado produtos no supermercado. As imagens mostram que em determinado momento da discussão o marido de Lo-Hanna agride o policial, que revida. (BNews)
Destaque Esportes

O vídeo que circulou nas redes sociais mostra a repórter e o marido discutindo com o policial que no momento trabalhava como segurança para um supermercado. O casal questiona o excesso na abordagem do policial com um adolescente, que tinha furtado produtos no supermercado. As imagens mostram que em determinado momento da discussão o marido de Lo-Hanna agride o policial, que revida. (BNews)

O jogo deste sábado (31) entre São Paulo e Grêmio, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi marcado por um susto no primeiro tempo da partida. Um torcedor caiu do anel superior para a parte inferior do estádio durante um lance de ataque do time da casa.

Logo após a queda, ele foi socorrido pelos médicos e retirado de ambulância. Ao cair, o fã acabou atingindo uma criança, que não teve ferimentos, mas vão passar por exames mais detalhados, segundo o site GloboEsporte.com.

LEIA TAMBÉM

Palestra aberta discute doenças reumáticas no plenário da Câmara nesta sexta

Redação

Uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (7), revogou a prisão preventiva de Isadora Alkimin Vieira, filha mais nova do cantor Belo. Ela estava presa no Instituto Penal Santo Expedito, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, após denúncias de fraudes bancárias de uma quadrilha. Além de Isadora, seis mulheres tiveram a prisão preventiva revogada e devem cumprir medidas cautelares, como informarem as autoridades sobre suas atividades uma vez por mês, não entrarem em contato com as supostas vítimas dos golpes e não saírem de casa à noite ou nos dias de folga. A estudante de Odontologia, de 21 anos, é suspeita de integrar um grupo acusado que faz parte de uma organização criminosa que induzia vítimas a repassarem seus dados bancários e, posteriormente, entregarem seus cartões a motoboys para serem utilizados pela quadrilha. Matérias relacionadas “Estou surpreso e arrasado”, declara Belo após filha ser presa por suposta participação em golpes Presa, filha de Belo afirma que desconhecia trabalhar para golpistas Mulher integrante de suposta quadrilha afirma que filha de Belo e outras garotas eram prostitutas

Redação

Dólar fecha a R$ 4,21 e atinge novo recorde histórico

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO