marcas
  • Home
  • Destaque
  • Vereador Adailton Caçambeiro cobra posição politica de Orlando de Amadeu, Joel Cerqueira e Belo: “quem é o líder da oposição?”
Destaque Simões Filho

Vereador Adailton Caçambeiro cobra posição politica de Orlando de Amadeu, Joel Cerqueira e Belo: “quem é o líder da oposição?”

Após quase três semanas de paz e de harmonia, a Câmara de Vereadores da cidade de Simões Filho voltou a protagonizar momentos acalorados durante as discussões entre os parlamentares. A costumeira interação entre os edis foi repentinamente substituída por troca de farpas, após o vereador Adailton Caçambeiro (PSDB) questionar o posicionamento político de alguns dos vereadores citados, entre eles, Belo (PSD), Joel Cerqueira (PSD) e Orlando de Amadeu (PSDB), apontados pelo edil como opositores ao prefeito Dinha Tolentino.

Em tom incisivo, Caçambeiro adotou um duro discurso ao provocar alguns de seus colegas de parlamento quanto a posição política assumida pelos mesmos pares na Casa Legislativa Municipal.

“Recebemos aqui na sessão passada um oficio vindo do prefeito nominando 2 vereadores como porta-vozes do prefeito na Casa, no entanto, quero fazer um pedido para a oposição: se tem oposição nessa casa politica, não oposição ao povo, quem é o líder da oposição? Se é o vereador Joel, se é o vereador Orlando ou se é o vereador Belo?”, perguntou Caçambeiro.

No recado direto aos vereadores citados, Adailton voltou a ‘bater na mesma tecla’ sobre qual base política adotada por eles para fundamentar sua cobrança aos deputados que, segundo disse Caçambeiro, os referidos edis tem supostamente contato direto com os deputados.

“Por que tem muitas obras que começaram e não terminaram e precisamos saber quem é o líder da oposição, porque não tenho contato dos deputados que são deputados de alguns vereadores e, por isso, precisa chegar na Casa um documento dizendo quem é o líder da oposição, porque pelo comportamento todo mundo está vendo né? Mas acho que em pouco tempo mudou o comportamento”, provocou Adailton.

Como ponto final de sua fala, o tucano deixou claro que nunca falou que a Casa não precisa de oposição, afirmando que outrora o Legislativo sempre teve oposição com vereadores que usam dessa prerrogativa para fazer reivindicações em favor do povo.

A sessão na Câmara de Vereadores do município de Itaguaçu da Bahia, na Chapada Velha, da última sexta-feira (19) terminou em pancadaria. Após uma discussão, um vereador é atingido na cabeça e começa a sangrar.

A briga foi protagonizada pelo edil Antonio de Jonas (PSD) e pela presidente da Casa, Ianca da Tabatinga (PSD). Segundo informações, o vereador iniciou a briga ao lançar o microfone em direção à vereadora, que revidou imediatamente. As agressões foram flagradas por uma pessoa que fez o registro em seu celular, de acordo com o Jornal da Chapada.

Os demais presentes na sessão separam a briga e o vereador mostra um ferimento em sua cabeça e não se tem informações sobre o estado de saúde da vereadora. A desavença entre os legisladores é algo antigo.

De acordo com blog, antes de ser vereadora, Ianca exercia a profissão de advogada, o desentendimento entre eles teria se dado por conta de um áudio que vazou do vereador Antônio ofendendo a classe dos advogados. Até o presente momento não temos informações sobre o motivo que originou o conflito entre os vereadores.

Veja:

LEIA TAMBÉM

Senado terá semana de negociações para votar reforma da Previdência

Redação

  Hospital Metropolitano deve começar a funcionar nos próximos dias

Raniel

Obras de ampliação e reforma das escolas Enock Pimentel e Padre Luiz Palmeira estão avançadas

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO